Alagoinha marcou presença no 17º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação

A animação das delegações foi complementada com a apresentação da Banda Juvenil Escola Olodum, que traduziu em acordes a alegria dos presentes. Coloriam o balé, bandeiras das federações e camisetas de delegações.
A partir do tema “Qualidade da Educação: financiamento, gestão e aprendizagem”, o evento teve como objetivo debater este e outros assuntos ligados ao tripé que sustenta a educação pública brasileira.
A secretaria de educação Jacielly Farias esteve presente ao longo dos quatro dias de programação na Costa do Sauípe, , de terça-feira (13) até a sexta-feira (16), visitando às salas de atendimento governamental (FNDE, Inep, SEB, Semesp, Sealf, Capes), a estandes do Conviva Educação e de parceiros institucionais da Undime (Ação Educativa, Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Fundação Itaú Social, Fundação Lemann, Fundação Santillana, Fundação Telefônica-Vivo, Instituto Natura, Unicef e Uncme) e a estandes de empresas credenciadas.
O evento mobilizou cerca de 1.500 dirigentes, técnicos de secretarias e educadores para discutir assuntos como o novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) como mecanismo de financiamento para a garantia da qualidade da educação, a apresentação das ações intersetoriais na promoção da qualidade da educação, o processo de implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) nos municípios, além de políticas e programas para garantir o direito à educação e minicursos do Conviva Educação e a Busca Ativa Escolar. A primeira conferência, abordou o tema do evento, ministrada em conjunto pelo professor e pesquisador, Jose Marcelino de Rezende Pinto; o filósofo, Cipriano Carlos Luckesi; e a diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getúlio Vargas, Claudia Costin. Para a cerimônia de abertura contou com a presença do ministro da Educação, Abraham Weintraub.
No dia 14 houve uma mesa-redonda cuja proposta foi debater o novo Fundeb. Com Daniel Cara, coordenador-geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação; Josué Modesto, Secretário de Educação do Estado de Sergipe e representante do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed); o senador Flavio Arns, relator da PEC 65/19; e Gilberto Perre, secretário executivo da Frente Nacional de Prefeitos.
Ainda no dia 14, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apresentou o catálogo e mapa de escolas de educação básica no Brasil.
No dia 15, à conferência “Metodologias ativas para a promoção da aprendizagem com o educador e pesquisador João Manoel Moran. E no dia 16 o palestrante Eduardo Shinyashiki falou sobre “Competências Socioemocionais: aprender a conhecer, conviver, trabalhar e ser”.

COMPARTILHAR